terça-feira, 17 de março de 2015

Uma carta política ao meu filho

Filho,

Ando meio sem chão!
Sei que hoje você não entende as milhões de coisas que estão acontecendo no nosso país, mas, um dia você entenderá...
Estou triste! Triste porque vivemos num país onde um não respeita o outro. Onde não há verdade. Um país corrupto, um país de desonestidade...
É isso filho! Fomos colonizados por Portugal. Infelizmente eles não tinham a intenção de fazer do Brasil uma continuação de Portugal, eles vieram pra cá na intenção de explorar!!! Exploraram, levaram muitas riquezas de nosso país... Mataram muitos índios para isso, enganaram muitos outros, aprisionaram outros mais! Já começamos pelo avesso!!!
Depois vieram muitos escravos para trabalhar aqui, trazidos também desse mesmo jeito: obrigados, com violência e horror. Quantos anos trabalharam forçado, apanharam, foram castigados, aprisionados, mortos, humilhados... Essa foi a base que tivemos aqui no Brasil. Desse jeito é que fomos "criados"!
Acho que só aprendemos o que era ruim!
Hoje vivemos num Brasil em que as pessoas acham legal "dar uma de esperto". Furam filas, se aproveitam da bondade ou da ingenuidade do outro... Tem pai e mãe que se finge de distraído quando vê o filho furando fila, tem idosos que se aproveitam da idade e fazem o mesmo (isso porque temos leis que os protegem e permitem isso a eles), mas muitas vezes eles passam na frente de outro igual a eles... Tem quem estacione na vaga de deficiente físico (sem o ser), tem quem sente no assento preferencial (também sem o ser)... Tem aqueles que percebem que a conta no restaurante veio errada (cobraram algo a menos) e não comentam nada... e se for ao contrário fazem escândalo! Tem gente que cobra a mais de propósito, tem gente que "puxa o tapete" dos outros, tem quem roube disfarçando e tem aquele que rouba mostrando a cara mesmo... Esse é o nosso país, o nosso povo. Ainda bem que existem exceções!!! É isso que quero te ensinar! Quero que você seja a exceção! Quem sabe num futuro, vocês sejam a maioria!!! (não custa nada sonhar!)...
Esse povo que te contei agora, vota! Isso mesmo, temos representantes no poder! Adivinhe? São como a maioria: roubam, se aproveitam, se corrompem!!! É um lixo!!! ... e não tem partido político que se salve não! Todos eles tem corruptos!!! Até acredito que deva existir uns e outros na política que lutam pelo povo... são tantos, cada dia mais, que é até difícil conhecermos todos eles... A fatia do bolo deve ser mesmo muito grande para ter tanta gente querendo um pedaço!
Sabe, tem outras coisas que me deixam triste... nada aqui funciona: a saúde pública está cada dia pior, a educação então, nem se fale! Temos altos impostos que não são revertido em nada para o povo!!!
As pessoas estão revoltadas e não é para menos! ... mas, o triste é que as pessoas estão confundindo as coisas: estão achando que virou uma guerra entre partidos, PIOR:  estão achando que virou uma guerra de classes (pobres X ricos)... e não é isso! Somos todos brasileiros e temos que lutar por um BRASIL melhor para todos! (independente de classe social, de nível de estudo, de cor, de raça, de partido político).
Há também quem peça a volta do militarismo... Onde estão com a cabeça? Acho que perderam a noção das coisas!!! Tanta gente sofreu, foi exilada, torturada, sumiu, morreu em nome da democracia, para ter hoje quem peça a volta do militarismo?! Estou assustada!!!
Filho, não sei onde vamos chegar... Tenho medo!!! Só sei que quero um país melhor para você!!! Estou lutando por isso principalmente com os valores e exemplos que tento passar para você todos os dias!!!
Seja honesto, íntegro, bom e procure sempre fazer o certo, mesmo que isso seja o mais difícil ou que você não tenha quem te acompanhar nessa jornada...
"Com grandes poderes vem grandes responsabilidades!"


 Na esperança de um país e um mundo melhor, onde as pessoas e os políticos pensem no bem comum e não no próprio umbigo, ego ou poder!

Beijinhos...

Mamãe.

2 comentários:

Ana Paula disse...

Li, sua carta é um retrato transparente do nosso país neste momento.
Triste, engasgada, indignada.
Eu, que sempre fui contra a esse pensamento, me pego desejando que meus filhos escolham outro país para viver.
Vou respira e pegar um pouco da esperança que você coloca nesta carta.
Beijo

Si, mãe da Isabela disse...

Amiga vc sempre tão sóbria em tuas palavras, eu partilho de cada frase infelizmente ... mas a boa noticia é que tb luto por um futuro melhor para meus pimpolhos e é revigorante saber que não estou só, e vc tb não :)

Estou de blog novo .... família agridoce, passa lá

bjos